quarta-feira, 21 de julho de 2010

Dias melhores, sempre!



Sempre me pergunto qual a razão de ser de algumas situações na vida da gente. Outro dia, repensando meus pormenores, percebi o quão pouco contribui para a vida, para a minha vida. Deixei passar tanta coisa, fui negligente comigo para agradar a outros que se quer tinham a mesma consideração por mim. Fui fiel, fui amiga dos amigos, que em retribuição não foram amigos. Impus, mesmo que sutilmente, minha presença por medo de ser esquecida. Fui egoísta também, afinal sou humana. Chorei muito. Amei com vontade. Mas quis pouco, acho que por isso tive menos.
Talvez quem leia isso poderá pensar que fui uma vitima ou uma tonta, ou que sou uma pessoa maravilhosa, uma idiota, mas não acho que seja assim, acho que só não tive coragem de ser diferente disso. Não me arrependo de nada, para falar a verdade. Contudo, penso em daqui por diante tentar fazer diferente. O tempo é muito curto para desperdiçarmos vivendo dias repetidos, erros repetidos.
Esperarei por dias melhores...

2 comentários:

Ícaro Estrela disse...

Oi menina, tudo bem?

Dias melhores é o que a gente sempre espera. Infelizmente, tudo é tão imprevisível que não podemos saber com certeza o q virá. Acho q não é apenas vc que se pergunta sobre os acertos e erros. Eu tmb achava q estava sozinho, q meu sofrimento era maior do q os dos outros, mas descobri q não estava... Não somos vítimas ou egoístas, somos apenas humanos, e exercitamos a nossa humanidade da forma q nos cabe. Não se culpe, pq tudo contribui para o nosso crescimento.

Abraço!

hopelessmile disse...

Não acho que "blindando" seu coração os dias melhores virão. Pra mim, os melhores dias foram os que vivi de coração aberto, os que me arrisquei sofrer mas que me joguei com toda a intensidade...Até mesmo no sofrimento existe satisfação.

"Dê o seu melhor. Alcance o céu. Mas aproveite a queda, pois não há como se manter."

"Viver é não conseguir!"
Bjs