quarta-feira, 8 de julho de 2009

Ação e Reação

Queria ter tudo como sempre, imutável

Mas o tédio seria inevitável, e tudo que iria querer era a mudança

Queria não ter que me esforçar tanto, deixar levar

Mas que correntes me levariam, e para onde

Queria que pudessem me amar do jeito exato que sou

Mas com é meu jeito exato?

Queria não ter que sentir o medo da perda

Mas como valorizar o que se tem sem medo de perder?

Tudo que queremos tem dois lados, nossas ações nos levam aos resultados, e esses não acontecem voluntariamente. Não adianta querer ganhar na loteria sem jogar.

A pessoa que passou a vida toda se lamentando por não alcançar um objetivo não se deu conta
de que o destino não trabalha sozinho.


2 comentários:

Ismael Alexandrino disse...

Obrigado pela visita no Café Alexandrino. Aqui também é suave, as fotos, a escrita, os sentimentos. Só o "pretão" que não...rss...mas tudo bem.
Abração, volte sempre!

Elisangela Elisangela disse...

A vida real !!!